Statement

Dia Internacional das Pessoas Idosas, 1 de outubro de 2017

1 October 2017

Aproveitando os talentos e as contribuições das pessoas idosas

Declaração da Directora Executiva em exercício do UNFPA, Dra. Natalia Kanem
no Dia Internacional das Pessoas Idosas,
1 de outubro de 2017

Uma nova narrativa sobre o papel das pessoas idosas está em construção - que reconhece seu potencial para a contrução da sociedade e da economia.

No entanto, esse potencial só pode ser realizado se as pessoas idosas permanecerem de boa saúde e tiverem a oportunidade de apostar na  aprendizagem ao longo da vida, o que lhes capacita para se manterem activamente engajados nos assuntos das suas comunidades. Com os investimentos corretos em seu bem-estar e capacidades, os países podem colher um dividendo de longevidade.

Entre 2015 e 2030, prazo acordado para o alcance dos Objectivos de Desenvolvimento Sustentável, o número de pessoas idosas em todo o mundo deverá aumentar em 56%, de 901 milhões para mais de 1,4 bilhões. Até 2030, o número de pessoas com 60 anos ou mais excederá o das pessoas com idade entre 15 e 24 anos.

O UNFPA, Fundo das Nações Unidas para a População, aumenta a conscientização sobre as mudanças demográficas em relação às populações mais velhas e sobre a necessidade de aproveitar as oportunidades e enfrentar os desafios do envelhecimento da população. O UNFPA também apoia pesquisas e analise  de dados para fornecer evidências sólidas para políticas e planeamento e garante que as questões de envelhecimento sejam integradas nos programas nacionais de desenvolvimento e nas estratégias de redução da pobreza.

O tema do Dia Internacional das Pessoas Idosas deste ano é "Avançar no Futuro: aproveitar os talentos, as contribuições e a participação das pessoas mais velhas na sociedade". À medida que avançamos para um futuro melhor, não queremos, "deixar ninguém para trás" significará criar espaços para as contribuições das pessoas idosas. Vamos promover os direitos e garantir a plena participação das pessoas idosas para a construção de sociedades melhores para todas as idades.