Notícias

UNFPA e UNICEF disponibilizam kits de dignidade no assentamento de refugiados no Lóvua e ajudam meninas, jovens e mulheres em idade reprodutiva, a preservarem a sua dignidade e segurança

28 Maio 2018
No assentamento de Lóvua, Marie Anny fala da sua higiene menstrual/foto by CL/JRS/UNFPA

Com um largo sorriso no rosto, a adolescente Marie Anny de 13 anos de idade aproxima-se para receber o seu kit de dignidade na sua escola no assentamento de refugiados no Lóvua.

Num outro dia qualquer, aproveitando o seu tempo livre na escola, Marie Anny estaria a brincar ou a conversar com as suas amigas, mas hoje, ela não pode perder a oportunidade de levar para casa o seu kit de dignidade que será distribuido pelo UNFPA em parceria com o UNICEF. O kit ajuda-a a gerir a sua higiene menstrual e a sentir-se mais confortável junto das pessoas nesse período.

Quando estou menstruada, normalmente, uso tiras de pano como absorvente, mas no assentamento até conseguir os panos é dificil. Cuido melhor da minha higiene quando recebo o kit que é distribuido no espaço amigo das mulheres do UNFPA”, explicou Marie Anny.

Em qualquer parte do mundo, a menstruação é um momento marcante na vida de qualquer menina. Num contexto de emergência a situação não é diferente, mas o desafio é maior. O acesso limitado a produtos de higiene e serviços de saúde reprodutiva expõe meninas e mulheres a situações vulneráveis e limita a movimentação destas no dia-a-dia.

Tive o meu primeiro período aqui no assentamento. Não tinha ideia do que estava a acontecer. Minha mãe estava por perto e perguntou-me se eu sabia do que se tratava. Para mim aquele dia foi triste e vergonhoso ”- conta Marie Anny.

Kits de dignidade - mais do que necessidades básicas.

O acesso à informação sobre questões de saúde reprodutiva, bem como o acesso a suprimentos básicos de higiene são essenciais para manter a  auto-estima, confiança e possibilitar a participação das meninas, jovens e mulheres nas actividades do assentamento, como ir buscar a comida, àgua, entre outros, o que interfere no seu bem-estar.

No extenso assentamento de refugiados no Lóvua, UNFPA dedica-se a atender às necessidades das meninas e mulheres em idade reprodutiva. Uma parte importante deste trabalho é a distribuição dos kits de disgnidade, que incluem suprimentos essenciais para ajudá-las a manter a sua higiene básica e a participar nas suas actividades habituais.

Em abril de 2018, em parceria com o UNICEF, UNFPA distribuiu 360 kits de dignidade beneficiando de forma directa 360 meninas adolescentes estudantes na escola do assentamento de Lovua.

Desde Abril de 2017, UNFPA distribuiu 8060 kits de dignidade nos espaços amigos das mulheres no assentamento. A oportunidade de distribuição na escola, expande o acesso aos kits de dignidade no assentamento e leva o espaço amigo das mulheres para perto das meninas e mulheres nos arredores da escola.

No entanto, a necessidade dos kits de dignidade ainda continua enquanto a situação de crise se mantiver. Marie Anny foi uma das beneficiarias mas, tal como ela, existem mais de 7000 meninas e mulheres em idade reprodutiva que já menstruarm e outras que vão inciar o seu periodo menstrual, no assentamento de Lovua.

Texto por:

Denizia Rocha Pinto

Ponto focal de comunicação

UNFPA Angola