You are here

MEP e o UNFPA apresentam as Directrizes Gerais da Política Nacional de População e o Plano de Acção

MEP e o UNFPA apresentam as Directrizes Gerais da Política Nacional de População e o Plano de Acção

 


Dr. Mady Biaye, Representante Residente UNFPA Angola.

 

O Ministério da Economia e Planeamento (MEP), em colaboração com o UNFPA, realizou um workshop multissectorial no dia 15 de Julho com a participação de sectores-chave do governo, sociedade civil e parceiros de desenvolvimento para apresentar as Directrizes Gerais da Política Nacional de População (DGPNP) a considerar para informar o processo de aproveitamento do Dividendo Demográfico e o seu respectivo Plano de Acção. O workshop deu continuidade à reunião de trabalho, que correu no dia 8 de Julho, e contou com o envolvimento de sectores-chave, incluindo a Saúde, Juventude, Economia, Estatísticas, Finanças, entre outros, organizações da sociedade civil, incluindo organizações religiosas e da juventude, e parceiros de desenvolvimento, que deu feedback estratégico sobre o esboço da política de modo a garantir um processo colaborativo e forte adesão do governo e dos parceiros para levar adiante a operacionalização da política nacional de população e seu respectivo plano de acção.

 

Na ocasião, o Secretário de Estado para o Planeamento, Dr. Milton Reis abriu a sessão, seguida por apresentações do Dr. Adriano Celso Borja, Diretor do Gabinete para a Política de População (GPP), Dr. Mady Biaye, Representante Residente do UNFPA em Angola, e o Dr. Marden da Universidade Federal de Minas Gerais no Brasil. Mais de 60 convidados participaram, presencial e online, dos sectores da Educação, Saúde, Planeamento, Instituto Nacional de Luta Contra a Sida, Juventude e Desportos, Género, Relações Exteriores, Agricultura e Pescas, Administração do Território, Estatística, Administração Pública Trabalho e Segurança Social, parceiros da sociedade civil representando organizações religiosas, jovens, pessoas que vivem com sida e os parceiros do desenvolvimento incluindo as ONGs e a ONU.

O GPP aceitará mais contribuições e feedback aos documentos até meados de Agosto, quando eles irão fechar os documentos para finalização e aprovação do Ministro. O UNFPA continua a colaborar com o MEP nesta política chave, fornecendo apoio financeiro e técnico e promovendo a colaboração intersectorial contínua.